Feeds:
Posts
Comentários

Archive for maio \28\-03:00 2009

Algumas pessoas em cadeiras de rodas não tem tantos movimentos de rotação com o tronco. E se inclinar demais para frente pode causar aceidentes.

Esse é um dos motivos para a “papeleira” estar na parede lateral ao vaso sanitário, e com altura adequada! O que não é este caso:

sanitário - papeleira

Essa foto é o exemplo de um Sanitário “Adaptado” inadequadamente, mas vou falar agora só desta “papeleira” q já existia no local e foi aproveitada.

Eu pesquisei alguns preços e vi que não são caras as “papeleiras” móveis (R$28,00) que podem ser colocadas na altura adequada, veja:

papeleira

A papeleira anterior não atrapalha em nada, pode ser mantida (ou ignorada)! Não precisa remover quebrando a parede e remendando… ela pode ficar lá, com papel higiênico e tudo, pois pode ter alguém que consiga usar:

papeleira adequada

Viu como foi simples revolver?

😀

Read Full Post »

O Parque Villa Lobos é uma opção de lazer acessível!

eu e alexandre

Há uma vala para escoamento de águas da chuva entre o percurso e a área com grama. A solução adotada neste caso foram pequenas “passagens” para pessoas em cadeiras de rodas (ou carrinhos de bebê).

Assim o meu colega Alexandre (da Pós em Acessibilidade) conseguiu ficar ao meu lado para conversarmos! Ele não ficou no meio do caminho e também não precisou da ajuda de ninguém para ficar ao meu lado: autonomia total.

Lembra que eu havia postado sobre os bancos do Parque Ibirapuera? http://migre.me/1zwz

ibira pb

Esses bancos não são acessíveis!

Isso foi uma comparação para a gente perceber um simples detalhe (que passa despercebido), mas para pessoas em cadeiras de rodas fazem toda diferença.

Read Full Post »

barbie

Expisoção dos 50 anos da boneca Barbie, vale a pena conferir no Shopping Cidade Jardim.

Na parte das “Profissões” a boneca Becky é fotógrafa de cadeira de rodas! Por essa eu não esperava. Muito interessante mostrar desta forma lúdica a diversidade humana. 😀

Pesquisando na internet vi que esta amiga da Barbie foi criada em 1997.

Eu daria de presente, e você?

Read Full Post »

Além de mais bonito é mais acessível!

metro novo

O Metrô de São Paulo ganhou trens novos, que apareceram primeiro na linha verde. Eu perdi a vergonha e fotografei discretamente esta parte do que interessa para este post.

As portas estão mais largas, facilitando o fluxo intenso de passageiros.

Há também mais barras de apoio no teto do vagão, localizadas nas regiões das portas.

O que mais me chamou atenção foi o dispositivo luminoso (como mostra a pequena seta), chamando atenção para a próxima estação. Isso é ótimo para deficientes auditivos: é uma informação a mais.

Quem não é deficiente auditivo mas é destraído OU gosta de ouvir música com fone de ouvido, também pode usar este recurso!

Acessibilidade facilita a vida de muita gente, com deficiencia ou não.

\o/

Read Full Post »

eu e julie

Ela é muito simpática e inteligente! 🙂
É mais uma pessoa nas ruas desta cidade atenta às questões de Acessibilidade!

A Av. Paulista está perfeita? Não! E a Julie está por lá todos os dias observando e sentindo na pele os descasos arquitetônicos!  Veja: http://migre.me/1njA Este é um vídeo onde mostra a Julie na Av. Paulista tendo trabalho!

Siga no twitter: @guardiapaulista

😀

Read Full Post »

Cuidadooo!

Alguns detalhes em uma edificação podem fazer muita diferença!

Repare nas fotos 1, 2 e 3:

escada em balanço

Na primeira foto a escada está “solta” no meio do caminho, há circulação de todos os lados. Não há nenhuma sinalização.

Na segunda foto há um início de preocupação com a parte de baixo da escada, mas essas pedrinhas ainda não são  suficientes.

Já a terceira foto sim, em baixo da escada há um “jardinzinho” mais estruturado: a pessoa com deficiência bate a bengala e sente que ali há um obstáculo.

Esse tipo de obstáculo é chamado de “Barreira Suspensa” e é um perigo para pessoas com deficiência visual, crianças e até mesmo pessoas destraídas!

A “Barreira Suspensa” da terceira foto não oferece risco ao público, a solução está ótima. 😀

Essa mesma solução alguns Shoppins ainda não entenderam.

Read Full Post »

Mapa Tátil

Alguém já viu um Mapa Tátil?

mapa tátil

Esses Mapas ajudam a pessoa com deficiência visual se localizar em um determinado espaço, ou chegar até algum balcão para obter informações.

O Mapa Tátil associado com “piso tátil” (depois posto sobre isso), indica para o deficiente visual o percurso até o destino escolhido!

Nós que não temos deficiência visual recebemos informações de várias formas: sinalização com placas, pictogramas, folhetos, etc.

O deficiente visual nem sempre tem informações suficientes, por isso acho ótimo qualquer tipo de facilitador para essas pessoas!

😀

Read Full Post »

Com licença?!

banca com obstáculo

Os donos das bancas usam o espaço público de pedestres para expor seus produtos.

Estas calçadas (no caso) são bem estreitas, e para piorar somos obrigados a desviar desses obstáculos.

Em frente a banca sempre há uma pessoa escolhendo uma revista, o que já torna a passagem mais estreita ainda. Fora isso o espaço de exposição da própria banca já é suficiente.

Quantas revistas a mais são vendidas por ficarem no meio do caminho?

😮

Read Full Post »

banca de jornal

Nenhuma banca de jornal é acessível para pessoas em cadeiras de rodas.

Há solução? Sim, sempre há solução!

Uma rampa móvel do mesmo material que a banca é produzida, quando a banca estiver fechada a rampa pode ser guardada em qualquer lugar (não ocupa espaço).

Com um outro tipo de disposição dos produtos dentro da banca, não há necessidade de “corredor”, sobrando toda área central para a cadeira de rodas OU mais pessoas dentro da banca.

Eu não sou cadeirante e acho os espeços internos muito apertados! Também não acho acessível pra mim.

😦

Read Full Post »

brinquedo parque

Nesta área de lazer, como uma criança com deficiencia brinca? Esse “tubo” poderia ser mais largo, por exemplo.

Ainda não tem na Norma de Acessibilidade parâmetros antopométricos para crianças com deficiência. Essas medidas precisam ser bem definidas como padrão para que em locais de lazer (como este) a criança possa brincar, se divertir e interagir com outras crianças de sua idade. Conviver e compartilhar idéias nesta fase é fundamental para o desenvolvimento da criança.

Toda criança quer ser bagunceira, quer brincar, cair e talvez se machucar. O adulto nem sempre deve estar por perto em todos os momentos.

Na hora de brincar a criança precisa de autonomia.

Este é o único Item da Norma que fala de longe algo sobre este assunto:

8.5.3 Parques, praças e locais turísticos
8.5.3.1 Sempre que os parques, praças e locais turísticos admitirem pavimentação, mobiliário ou equipamentos edificados ou montados, estes devem ser acessíveis.

Isso não basta.

Read Full Post »

Older Posts »

%d blogueiros gostam disto: